Segunda-feira, 24 de Junho de 2024


Três Lagoas Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2012, 15:58 - A | A

Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2012, 15h:58 - A | A

Mais de 900 convidados participam da inauguração da Eldorado Brasil em Três Lagoas

Samira Ayub e Bruno Chaves, direto de Três Lagoas - Capital News (www.capitalnews.com.br)

Mais de 900 pessoas, entre empresários, políticos e representantes dos clientes da Europa, Ásia e América do Norte, prestigiaram a abertura oficial da Eldorado Brasil, nesta quarta-feira (12), em Três Lagoas.

Estavam presentes no evento o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), o governador André Puccinelli (PMDB), a vice-governadora Simone Tebet (PMDB), a ministra da Cultura Marta Suplicy (PT), a prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura (PMDB), o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen, e equipes do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES).

Também prestigiaram a abertura da maior fábrica de celulose do mundo, o arquiteto e conselheiro do Conselho de Arquitetura e Urbanismo, Ângelo Arruda, equipes do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) e o ex-ministro Pratini de Moraes, que ocupou o cargo de Ministro da Indústria, do Comércio e do Turismo, em 1970, das Minas e Energia, em 1992 e da Agricultura e Abastecimento entre 1999 e 2002.

O cerimonial foi assinado por Joesley Batista, dono da J&F investimentos, e filho de José Batista Sobinho, fundador da JBS, empresa brasileira e maior frigorífico do mundo.
O presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Jerson Domingos (PMDB), acompanhado de Eduardo Rocha (PMDB), Cabo Almi (PT), Dione Hashioka (PSDB), Antônio Carlos Arroyo (PR), também participaram da abertura oficial da Eldorado Brasil.

O fundador da JBS, José Batista Sobrinho, assistia a cerimônia quando foi homenageado pelo presidente em exercício Michel Temer, que disse trazer um abraço da presidente Dilma Roussef (PT) que está em viagem. Durante sua palavra, Temer disse que a família Batista fez prosperar o Mato Grosso do Sul e outros estados, como São Paulo.

“Esta inauguração é a prova concreta de que o Brasil não vai parar, mas vai continuar crescendo”, afirmou Temer que citou as crises na Europa e Estados Unidos. “O Brasil deve muito ao Zé Mineiro”, disse o presidente em exercício referindo-se ao apelido de José Batista Sobrinho.

Comente esta notícia