Segunda-feira, 24 de Junho de 2024


Três Lagoas Quarta-feira, 11 de Setembro de 2013, 11:21 - A | A

Quarta-feira, 11 de Setembro de 2013, 11h:21 - A | A

Obras do poço do Palmito de Três Lagoas já estão 90% concluídas

Lucas Junot - (www.capitalnews.com.br)

As obras de desativação do poço do Palmito, em Três Lagoas, estão em sua fase final. O empreendimento faz parte do pacote de obras da Sanesul, no valor de R$ 224 milhões, lançada no dia 29 de agosto, e deverá ser entregue até o final do mês de outubro.

Conforme o gerente regional Álvaro Ricardo Calábria, a desativação do poço, além de ser uma antiga solicitação da população devido às condições da água, também é um dos compromissos assumidos pela Sanesul com Três Lagoas através da renovação do contrato de concessão. “A água extraída dele, apesar de potável, é quente e não agrada parte dos moradores”, explica. O Palmito é um poço com cerca de 5 mil metros de profundidade, por isso a temperatura da água é elevada, em torno de 50°C.

De acordo com Álvaro, a desativação do Palmito só está sendo possível devido à sua substituição por um novo poço (TLG-034) com capacidade de vazão de 180 a 200 m³ por hora, além das interligações da rede nova com a rede já existente. “E para que possamos entregá-lo definitivamente para a Petrobras, vários testes de vazão e pressão na nova rede serão executados com apoio de uma equipe da nossa Gerência de Operação e Tecnologia (Geotec), haja vista que o Palmitão, como também é conhecido, é responsável também por dar maior pressão ao sistema de abastecimento.”

O empreendimento, no valor de R$ 2,6 milhões de recursos próprios, contou ainda com a reforma e ampliação da estação de bombeamento de água do sistema Santa Terezinha e implantação de mais 12 quilômetros de rede de distribuição.
Investimentos em Três Lagoas

Desde janeiro de 2007, o montante de investimentos da Sanesul no saneamento básico de Três Lagoas supera R$ 95,7 milhões, sendo mais de R$ 48,3 milhões de recursos próprios e R$ 47,3 milhões de recursos federais. Com os investimentos, a Sanesul manterá a universalização dos serviços de distribuição de água e elevará a cobertura da rede de esgoto, que era de 17% em 2006, para 97% em 2014, antecipando a meta pactuada quando da renovação da concessão.

No lançamento do pacote de obras da Sanesul, no valor de R$ 224 milhões, foram anunciados mais R$ 15 milhões em obras concluídas, em execução e para ser executadas. Segundo a prefeita Márcia Moura, são obras que representam um salto na qualidade de vida da população três-lagoense.
 

Comente esta notícia