Sexta-feira, 14 de Junho de 2024


Três Lagoas Sexta-feira, 15 de Agosto de 2014, 19:02 - A | A

Sexta-feira, 15 de Agosto de 2014, 19h:02 - A | A

Operação prende sindicalistas em Três Lagoas

Fernando Hassessian - (www.capitalnews.com.br)

Uma operação conjunta entre a SIG (Setor de Investigações Gerais) Policiais do 1° Distrito de Polícia e Policiais do 3° Distrito, culminou na prisão de dois servidores municipais de Três Lagoas, em operação denominada "Vale Alimentação". As investigações foram iniciadas há cerca de 30 dias, quando uma servidora pública municipal fez denuncias, devido a suspeita de que o sindicato estava usando o seu ticket alimentação. Ela afirmou que ao procurar os responsáveis eles se recusavam a passar informações sobre o tal benefício para a mesma.

Outra informação foi de que o vice-presidente do sindicato, João Francisco Silva Teodoro de 57 anos, compareceu até um supermercado e pagou suas compras com o cartão da servidora. Por coincidência o funcionário que o atendeu era o sobrinho da referida servidora e imediatamente comunicou o fato a vítima, já que o seu benefício estava sendo usado por outra pessoa.

De acordo com o Delegado Ailton Pereira de Freitas, o benefício do vale alimentação era disponibilizado pela Prefeitura, porém, muitos funcionários "não recebiam" o mesmo do sindicato. Por sua vez, quando as pessoas acionavam o mesmo afim de explicações, os diretores afirmavam que o tal benefício não existia.

Após as investigações a Polícia determinou a prisão de dois suspeitos e ontem, os mandados de busca e apreensão começaram a ser cumpridos. Além das prisões foram apreendidos documentos e uma pistola 7.65.

A Prefeitura de Três Lagoas emitiu uma nota nesta sexta-feira informando que enviou ofício ao delegado responsável solicitando cópia do boletim. Segundo a nota, a gestão do cartão seria exclusivamente do sindicato, mas era a Prefeitura que atualizava os nomes. Ainda segundo a nota, a Prefeitura não tinha conhecimento de qualquer irregularidade.
 

Comente esta notícia