Sexta-feira, 14 de Junho de 2024


Três Lagoas Sexta-feira, 01 de Agosto de 2014, 15:42 - A | A

Sexta-feira, 01 de Agosto de 2014, 15h:42 - A | A

Polícia Militar e Civil realizam megaoperação em Três Lagoas

Da Redação - (www.capitalnews.com.br)

Praticamente todo o efetivo policial militar, inclusive do serviço de inteligência, e da Civil de Três Lagoas foi usado na madrugada desta sexta-feira (1°) para cumprir mandados de busca e apreensão em 11 residências em vários pontos da cidade. O resultado foi a apreensão de dois quilos de maconha, um menor detido (que vai ser liberado) e prisão de um jovem de 18 anos.

 

Segundo informações apuradas pelo Perfil News, das autoridades policiais, que concederam entrevista coletiva à imprensa na manhã de hoje na 1ª Delegacia de Polícia Civil, a megaoperação teve início por volta das 5 horas, envolvendo equipes das três delegacias, mais o SIG (Setor de Investigações Gerais), e do 2° Batalhão de Polícia Militar (Rotai, P2 e outras guarnições).

DISTRIBUIÇÃO DE TAREFAS

Cada equipe foi direcionada para uma região, com diligências sendo realizadas, principalmente, nos bairros São João, Vila Haro e Vila Piloto. Ao final, um menor foi apreendido e um jovem de 18 anos foi preso enquanto dormia em sua casa, no Jardim das Violetas. Com ele foi apreendido dois quilos de maconha.

Outro adulto denunciado, no momento em que a polícia esteve em sua residência (não foi informado o local), não foi encontrado, mas no local foram apreendidos drogas, dinheiro e outros objetos adquiridos na comercialização de entorpecentes.

UNIÃO DAS FORÇAS

Presente na coletiva, o tenente-coronel Wilson Monari, comandante do 2°BPM, ressaltou a importância de operações do gênero, destacando a união de todas as forças policiais, voltadas em proporcionar mais segurança aos três-lagoenses.

Já o delegado Thiago Passos, destacou a importância da parceria das forças de segurança pública, despontando os setores de inteligência (SIG e P2), que realizaram um mapeamento de pontos na cidade onde poderia ser locais de venda de drogas, depósitos de armas e armazenamento de produtos de furto e roubo.

De acordo com as autoridades policiais, novas operações da natureza deverão ser realizadas nos próximos dias.

Comente esta notícia