Terça-feira, 25 de Junho de 2024


Três Lagoas Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2014, 14:15 - A | A

Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2014, 14h:15 - A | A

Polícia Rodoviária Federal investiga suspeita de carro clonado em Três Lagoas

Taciane Peres (Capital News)

Na noite do último domingo (28), na BR-158 em Três Lagoas, a PRF (Polícia Rodoviária Federal), abordou um I/GM Corsa Classic de um pintor. O veículo tinha placas de Douradina/PR, mas a numeração do chassi e outros sinais identificadores estavam adulterados. A equipe da PRF desconfiou que o carro fosse um dublê (quando um veículo é clonado).

De acordo com o site de notícias Perfil News, o pintor disse que comprou o carro há 8 meses de um amigo que reside em Douradina/PR e que pagou pelo carro R$ 14.000,00 e que havia conseguido transferir para o seu nome no Detran da cidade. Se comprovada a adulteração no veículo o pintor poderá pegar pena de até 10 anos de prisão. (Foto: PRF) Se comprovada a adulteração no veículo o pintor poderá pegar pena de até 10 anos de prisão.

A ocorrência foi encaminhada para a DEPAC local. O veículo será periciado para identificação do automóvel verdadeiro que provavelmente seria produto de roubo ou furto. O condutor poderá responder pelos crimes de adulteração de sinal identificador do veículo e receptação podendo ser condenado a uma pena de até 10 anos.
 

Comente esta notícia