Segunda-feira, 17 de Junho de 2024


Três Lagoas Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014, 17:39 - A | A

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014, 17h:39 - A | A

Policiais de trânsito prendem parentes com droga

Gilson Giordano - Capital News (www.capitalnews.com.br

Desta vez coube à uma equipe de policiais de Trânsito do 2º Batalhão da Polícia Militar, em Três Lagoas, município localizado na região leste do Estado e distante da Capital, a 350 quilômetros a prisão de dois traficantes que agiam na região da Vila Hato, abastecendo os viciados com a venda dos mais diversos tipos de drogas.

Os nomes por extenso não foram divulgados. Apenas as idades e as letras iniciais dos nomes. Um tem 59 e o outro, 30. Ambos conhecidos da Polícia Militar e presos anteriormente pelo mesmo crime.

A prisão dos “boqueiros” aconteceu por volta das 4h desta quinta-feira (18), na Rua Nossa Senhora Aparecida, no referido bairro, por onde a equipe de policiais de Trânsito fazia rondas e em determinado momento, os policiais avistaram um homem e este, também ao perceber a chegada do carro, sem mais sem menos,

empreendeu fuga. É claro que ele a pé e a guarnição de carro, ele acabou perdendo e sendo preso, quando tentava pular o muro de uma residência, prática essa que não era o seu forte. Tentou, escorregou, caiu foi preso e identificado por A.S.S.

De acordo com o site Perfil News, ao ser questionado pelos policiais ele entrou em contradição na tentativa de explicar o motivo da fuga. Ele ainda tentou resistir à prisão e tentou agredir um policial, mas foi mobilizado e algemado.

Durante a revista pessoal, nada de ilícito foi encontrado e A.S.S. alegou que morava na casa com o “tio” D.A., que foi chamado para que uma busca no imóvel pudesse ser feita.

Conforme os policiais militares, o local já havia sido alvo de várias denúncias de que no endereço que funcionava como uma “boca de fumo”.

DROGAS ENTERRADAS

Franqueados por D.A., os policias realizaram uma busca pela casa e acharam uma porção de crack no bolso da calça, do dono da casa, uma quantia em dinheiro.

Depois uma outra porção de droga foi encontrada enterrada em um monte de areia no quintal da casa. Dois televisores – sem nota fiscal de compra – também foram apreendidos.

Diante dos fatos, “tio” e “sobrinho” receberam voz de prisão por tráfico de drogas e após a lavratura da ocorrência a dupla foi encaminhada para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), naquela cidade.
 

Comente esta notícia