Sábado, 15 de Junho de 2024


Três Lagoas Sexta-feira, 11 de Abril de 2014, 19:03 - A | A

Sexta-feira, 11 de Abril de 2014, 19h:03 - A | A

Rede de Ensino de Três Lagoas ganha novas vagas com entrega de escola padrão

Da Redação

A Rede Estadual de Ensino do município de Três Lagoas ganhou nesta sexta-feira (11) o reforço de pelo menos 1,2 mil novas vagas para atender alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e ensino médio. O governador André Puccinelli inaugurou a Escola Estadual Luiz Lopes de Carvalho, construída no bairro Santa Terezinha.

Com 13 salas de aula, a escola é a primeira unidade estadual nova a ser construída no município em 21 anos. Construída no modelo padrão de escolas de grande porte, a escola vai compor a rede estadual do município, que agora passa a contar 12 estabelecimentos de ensino, sendo uma localizada na área rural.

Os investimentos somam mais de R$ 3,7 milhões numa parceria entre o governo federal com recursos de R$ 3,3 milhões e o restante de contrapartida do governo estadual. Este projeto para a construção da unidade começou no ano de 2009, com a apresentação da proposta ao Ministério da Educação para captação de recursos. A autorização veio em 2012 com a realização do processo licitatório.

Pela parceria a Prefeitura de Três Lagoas fez a doação do terreno para a construção da unidade. “Mais uma vez o governo do Estado demonstra o carinho por Três Lagoas e pelos municípios. É uma escola que vai proporcionar até 1.200 vagas e que vem somar com o progresso do município. Nós agradecemos porque essa é a melhor indústria, o melhor progresso, ou seja, uma escola que vai ajudar na formação dos cidadãos”, ressaltou a prefeita Márcia Moura durante a solenidade de inauguração do prédio.

Esta escola nova demonstra os investimentos maciços em educação nos últimos anos. De acordo com o governador André Puccinelli o Estado iniciou com a reforma das escolas, depois veio a valorização do magistério, entrega de kits e uniformes e agora com a premiação aos alunos que se destacam no ano letivo. “Vamos iniciar a construção entre os meses de abril e maio deste ano de mais 10 escolas. No total são 36 novas escolas construídas no Estado”, informou salientando que a rede estadual de ensino conta atualmente com 362 unidades escolares.

Novo espaço para educação

Conforme o diretor da escola, Flodoaldo Moreno Junior, cerca de 360 estudantes já estão matriculados na unidade que além de oferecer 13 salas de aula conta ainda com biblioteca e uma sala de informática medindo 77,50m² cada. Por enquanto a unidade está funcionando no período matutino, mas o objetivo é atender 400 estudantes nos três períodos.

“Esta escola é padrão e se diferencia das outras escolas. Há mais de 20 anos a cidade não tinha uma escola nova. Com a inauguração desta unidade recebemos alunos de diversos bairros e até de distrito”, comentou o diretor salientando que a escola além de ser diferente também terá aulas mais dinâmicas. “Já conversamos com os professores para a realização destas aulas. Para nós, a educação é primordial”, finalizou Flodoaldo Moreno Junior.

Além disso, os estudantes poderão praticar esportes numa quadra coberta e desenvolver atividades num espaço de múltiplo uso com 642,40m². A escola conta ainda com um palco de 22,45m² destinado para eventos.

Um novo ambiente escolar que incentiva os estudantes a frequentar a sala de aula. Vitória Caroline da Silva e Luana Damaceno, de 15 anos e a colega de turma, Júlia Nogueira, de 16 anos estão contentes com a nova escola. A unidade de ensino está mais perto de casa e não é mais preciso pegar condução para estudar. “Ficou mais perto e aqui está tudo bem organizado”, comentou Vitória.

Da esquerda para direita: as alunas Vitória, Luana e Júlia

Os novos espaços surpreenderam as estudantes. “Aqui tem palco, carteiras no salão para a gente lanchar, tem quadra coberta. Isso incentiva a gente estudar, adorei tudo”, disse Luana. Já a colega Júlia fez questão de falar sobre os professores. “Eles são ótimos, assim como o diretor e essa qualidade a gente vê na sala de aula”, comentou.

Já para professores e funcionários foi construído o setor administrativo para abrigar uma secretaria, banheiros, diretoria da escola, sala de coordenação pedagógica, almoxarifado, além de outras duas salas que servirão como sala de professores e da orientação pedagógica. Cantina, dispensa, área de serviço entre outros espaços foram construídos na área da cozinha.

Para a professora de Espanhol e de produção interativa, Rafaela Panauchi, lecionar numa escola nova é motivo de satisfação. Há 15 anos atuando na rede particular de ensino, ela agora inicia também o magistério na Rede Estadual de Ensino. “A escola é um lugar onde se aprende a cidadania e o respeito ao próximo. Ter uma escola nova é muito enriquecedor e gratificante. É um lado que eu não conhecia, e posso afirmar que não vejo diferença na qualificação dos professores das redes estadual e particular. O ensino é igual”, declarou.

A solenidade contou com a presença da vice-governadora Simone Tebet, da secretária de Estado de Educação, Nilene Badeca; do deputado estadual, Eduardo Rocha, além de prefeitos dos municípios da região do Bolsão.  (Da assessoria)
.

Comente esta notícia