Sexta-feira, 14 de Junho de 2024


Três Lagoas Quarta-feira, 06 de Fevereiro de 2013, 13:39 - A | A

Quarta-feira, 06 de Fevereiro de 2013, 13h:39 - A | A

Três Lagoas vai receber mais de R$ de 61,5 milhões de investimentos da Fiems

Bruno Chaves - Capital News (www.capitalnews.com.br)

A prefeita Marcia Moura participou, nesta terça-feira (5), da solenidade de doação de uma área da União à Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems). O local, onde estavam instaladas as oficias do Departamento de Obras e Serviços (DOS) da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil (NOB), abrigará Instituto Senai de Inovação Biomassa (ISI Biomassa) e o complexo da nova Escola do Sesi. Mais de R$ 61,5 milhões serão investidos nesse projeto.

A assinatura da Portaria de Doação da área contou com a presença do superintendente da União em Mato Grosso do Sul, Mario Sergio Sobral, e da governadora em exercício, Simone Tebet.

Os projetos do ISI Biomassa, inédito em todo o Brasil, e do complexo da nova Escola do Sesi, englobam quadras poliesportivas, cinema, oficinas, piscinas e salas de aula, que terão capacidade para atender à demanda de mais de 1,5 mil alunos.

Os projetos já estão sendo elaborados e as ordens de serviço para início das duas obras devem ser assinadas ainda este ano, conforme anunciou o presidente da Fiems, Sergio Longen, ao expor o traçado geral deste megaempreendimento para Três Lagoas.

Demanda Industrial

Para Sergio Longen, as obras do Novo Sesi irão atender “de forma adequada às demandas das indústrias instaladas no município de Três Lagoas, nas áreas de educação, saúde e lazer”.

De acordo com Simone, estas duas obras coroam a fase de desenvolvimento de Três Lagoas. Para ela, o ganho não é apenas para o setor industrial. “Mais que isso, irão oferecer, principalmente, oportunidade para o cidadão”, diz. “Essas instalações irão projetar Três Lagoas para o Brasil como cidade que mais se desenvolve em Mato Grosso do Sul. Esses empreendimentos eram o que faltava para fechar o ciclo de desenvolvimento da indústria no Município”, afirma Simone Tebet.

Para a governadora, o ISI Biomassa representará para este segmento industrial o que a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) representa para o agronegócio. “Mais uma vez, somos pioneiros”, destacou ela, lembrando o crescimento diferenciado que a região experimentou com o segmento da celulose.

Por sua vez, a prefeita Marcia Moura, ao agradecer à Fiems a escolha de Três Lagoas para esses investimentos, nas áreas de educação e pesquisa, chamou a atenção para o resultado que os novos empreendimentos do Sistema S representarão para o cidadão três-lagoense. “Mais uma vez Três Lagoas está despontando não só no cenário da celulose, mas no setor industrial como um todo, numa condição que irá agregar o crescimento pessoal e profissional da população”, disse a prefeita de Três Lagoas.

Comente esta notícia