Sábado, 22 de Junho de 2024


Três Lagoas Sexta-feira, 12 de Abril de 2013, 12:58 - A | A

Sexta-feira, 12 de Abril de 2013, 12h:58 - A | A

Vacinação contra gripe começa segunda-feira em Três Lagoas

Karla Machado - Capital News (www.capitalnews.com.br)

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio do Setor de Imunização, da Secretaria Municipal de Saúde, deverá iniciar a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza, em todas as Unidades Básicas de Saúde, no período da tarde de segunda-feira (15).

As doses da vacina começarão a ser distribuídas às Unidades de Saúde, no período da manhã de segunda-feira, “para que à tarde tudo esteja pronto para o início da Campanha Nacional de Vacinação, que se estende até o dia 26”, informou a enfermeira Elenilsa de Paula, do Setor de Imunização, da Secretaria Municipal de Saúde.

Além do período normal da Campanha, a ser iniciada na segunda-feira (15) e que se estende até dia 26, em todas as Unidades de Saúde, a prefeitura de Três Lagoas irá participar do ‘Dia D’, Dia de Mobilização Nacional da Campanha, no sábado (20), como acontece em todos os municípios do Brasil, das 8h às 17h.

Grupo Prioritário

Para a Campanha contra a Gripe, neste ano de 2013, o grupo prioritário de vacinação, estabelecido pelo Ministério da Saúde, compreenderá as seguintes pessoas: crianças de 6 meses a 2 anos de idade; gestantes, independente da idade gestacional (meses de gravidez); mulheres no período puerpério, até 45 dias após o parto; pessoas com 60 anos de idade ou mais; trabalhadores da Saúde que atuam nos serviços de referência para Influenza; população privada de liberdade (população prisional); e, neste ano, estendida também às pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições que possam favorecer o surgimento de casos graves de gripe influenza.

Receita Médica

O Ministério da Saúde, nesta Campanha de 2013, estendeu a vacina a todas as pessoas portadoras de doenças crônicas e outras condições clínicas. No entanto, para garantia do próprio paciente, essas pessoas portadoras de morbidades crônicas deverão apresentar receita médica. A receita pode ser prescrita por médico particular ou da rede pública.
 

Comente esta notícia